Site sobre Finanças Pessoais e Educação Financeira

  • +55 63 9233.3793 (Whatsapp)
  • contato@sabendoeconomizar.com.br

    Novidades

    %PM, %24 %923 %2016 %18:%Out

    QUEDA DOS JUROS. E AGORA?

    QUEDA DOS JUROS. E AGORA?

    Na última matéria que postei aqui, comentei que o mercado costuma se antecipar aos acontecimentos, precificando o que está por vir.

    queda dos juros

    Caso você venha comprar o quadro acima com o anterior (clique aqui) verá que tivemos mais uma redução nas taxas do DI Futuro. Com a que da Taxa Selic em 0,25%, passando a mesma ser de 15%a.a., o Banco Central soltou o seu último Boletim do Relatório Focus dia 21/10, apresentando os seguintes indicadores:

    queda dos juros1

    Como poderemos ver acima, está prevista ainda para este ano uma redução em 0,5%p.p. da Taxa Selic, fechando este ano de 2016 em 13,50% e no ano de 2017 em 11%. Caso as condições Macro Econômica continuem favoráveis, acredito em uma redução ainda maior destas taxas.

    Mas até agora, você não deve estar entendendo nada e se perguntando: O que eu tenho a ver com tudo isso? Estou aqui para saber sobre Educação Financeira e dicas de investimentos de Renda Fixa, e não sobre cenários Macroeconômicos. Isso não me interessa.

    Então eu digo: Está completamente enganado, nobre leitor (a)! Ao acompanhar o que está acontecendo, poderá escolher e aproveitar as melhores oportunidades de investimentos. Olhem alguns dados interessantes que podemos retirar deste relatório:
    • IPCA (%) 6,89 para 2016 e 5,00 para 2017;
    • IGP-M (%)7,65 para 2016 e 5,33 para 2017 ;
    • Taxa de câmbio - fim de período (R$/US$) 3,20 para 2016 e 3,40 para 2017;
    • Meta Taxa Selic - fim de período (%a.a.) 13,50 para 2016 e 11,00 para 2017;
    • PIB (% do crescimento) -3,22 para 2016 e 1,23 para 2017;
    Podemos observar que, mesmo não tendo crescimento no PIB (a previsão é de -3,22%), a tendência das taxas de juros e da inflação, são de queda.
    Temos aqui o que eu chamo de “Janela de Oportunidades”, principalmente para quem, igual a mim, gosta de estar investindo no Tesouro Direto, e devemos aproveitar algumas destas oportunidades existentes. Falo no Tesouro Direto pois podemos começar com apenas R$ 30,00, e é o mais democrático tipo de investimento existente no mercado, independente do valor a ser aplicado.

    Então, caso já tenha conhecimento do mercado, analise os relatórios que são emitidos pelo Banco Central (Boletim Focus) e as Taxas Futuras, para aproveitar melhor estas possibilidades existentes.

    O que podemos concluir e que o Tesouro Selic, para quem não deseja correr riscos e deseja liquidez diária, é uma excelente oportunidade de investimento. Olhe a tabela que mostrei acima e veja, a Selic deverá fechar este ano em 13,5% e o IPCA em 6,89%, e a grosso modo, verá que seu dinheiro rendeu bem acima da inflação.

    Estamos acostumados e ter uma alta taxa de juros, somos o 45º pais com a maior taxa de juros do mundo, (vide quadro abaixo), mas não se esqueça que temos que olhar nosso ganho real, e quanto maior a taxa de juros, menor nosso ganho real.

    queda dos juros3

    Analisando toda a informação que temos, completamente gratuita e disponível para todos, no Tesouro Direto temos dois bons tipos de investimentos para quem desejar se arriscar mais um pouco: Prefixados e IPCA+. Estes títulos estão em alta porque com a previsão da queda da inflação e da taxa Selic, estes títulos tendem a sofrer uma valorização considerável. Sempre se lembrem de que, quanto mais longa for a data de vencimento do seu título, mais oscilação ela terá, podendo então potencializar seus ganhos.

    Lembre-se de que os dados aqui apresentados não são suficientes para que você invista o seu capital. Estou apenas demonstrando como poderá potencializar seu capital, cabendo a você investidor a decisão final.

    Bons Investimentos!

    Publicado em Financeiras

    Também estamos no Facebook

    Fale conosco

    Email 
    Assunto 
    Dúvida